Guia e especificações dos produtos

Alberta Lens™ 2
O material Alberta Lens™ 2 é excelente para aqueles pacientes que precisam fazer uso diário das lentes de contato por períodos prolongados. Devido a sua boa rigidez e transmissibilidade ao oxigênio, as lentes Alberta 2 permitem que o metabolismo do olho não se altere, evitando o edema da córnea e o conseqüente embaçamento visual com óculos. A ótima permeabilidade aos gases, umectação, estabilidade e durabilidade deste material é obtida graças às ligações em treliça ("cross link") de seus copolímeros de umectação com o siloxano.

Alberta Lens™ 3
O material Alberta Lens™ 3 é especialmente indicado para pacientes que têm dificuldade para se adaptar com as lentes de contato gás - permeáveis comuns. Ele é fabricado com monômeros extremamente refinados do siloxano que ao serem copolimerizados com outros monômeros especiais incrementam a sua permeabilidade aos gases sem perder as características inerentes de umectação e estabilidade que o diferenciam do material Alberta Lens™ 2. Este material é excelente para ser usado de forma contínua e diária.

Alberta Lens™ N
O material para lentes de contato Alberta Lens™ N é o primeiro dos nossos copolímeros fluorocarbono-siloxano. A incorporação de grupos fluorocarbono e siloxano na matriz do copolímero incrementa a já elevada permeabilidade ao oxigênio. Sua propriedade não adesiva, semelhante ao Teflon, lhe proporciona uma magnífica resistência a depósitos protéicos e lipídeos. A superfície da lente está especialmente desenhada para possuir a melhor umectação possível devido à combinação de agentes umectantes alcalinos e ácidos. Além de ser muito confortável, este material destina-se a pacientes que necessitam elevada permeabilidade ao oxigênio.

Alberta Lens™ SM2
O material para lentes de contato Alberta Lens™ SM2 é fabricado com os mesmos monômeros que o Alberta Lens™ S, porém, é mais durável e mais adequado para múltiplas aplicações, sejam em lentes esféricas ou tóricas. O material SM2 tem também um bloqueador UV que absorve a luz UV na faixa entre 290 e 360 nanômetros, justamente a radiação UV mais prejudicial para os olhos humanos. As lentes de contato feitas com o material SM2 permitem a adaptação de um espectro muito mais amplo de casos. Este material é particularmente recomendado para pacientes com elevado grau de miopia.

Alberta Lens™ S
O material para lentes de contato Alberta Lens™ S é a nossa mais nova e avançada geração de materiais gás - permeáveis. O exclusivo e patenteado copolímero da polisulfona, que forma parte de sua composição, promove e colabora com a elevada permeabilidade ao oxigênio, a excelente umectação e a boa estabilidade deste material. O Alberta Lens™ S é especialmente projetado para bloquear a luz ultravioleta, prejudicial à visão, na região entre 290 e 360 nanômetros, de modo que limite o aparecimento de catarata. Como as polisulfonas são altamente biocompatíveis com os tecidos do corpo humano, uma lente de contato com polisulfona é muito confortável, desde o momento inicial de uso. Este material se destina a resolver os problemas de adaptação em olhos muito sensíveis.

Aquasulfone Lens™
O Aquasulfone Lens™ é um material único, fabricado com monômeros da sulfona e do siloxano-metacrilato, que ao ser mergulhado em ambiente ácido produz, por hidrólise, uma fina camada de HEMA na superfície da lente terminada. Este material associa o monômero com a maior biocompatibilidade existente na atualidade (a sulfona) com o monômero hidrofílico de maior umectação (o HEMA). Devido a sua biocompatibilidade e umectação, o material Aquasulfone Lens™ é incomparável nos olhos dos pacientes. O efeito amortecedor da camada de HEMA na superfície das lentes, diminui a sensação de corpo estranho proporcionando um extraordinário conforto para os pacientes. Com este material híbrido gás permeável podem ser produzidas lentes de altíssima qualidade, óptica refinada e melhor acuidade visual.

Aquasil Lens™
O Aquasil Lens™ é produzido com um original e exclusivo grupo de monômeros siloxano-metacrilato que, quando mergulhados em um ambiente ácido, produzem uma camada de HEMA na superfície da lente pronta. No Aquasil Lens™, os grupos hidroxila do HEMA estão ligados permanentemente à matriz do plástico, formando um polímero não reativo. É importante estar ciente que o monômero de silicone usado na fabricação do Aquasil Lens™, está patenteado pela Progressive Optical Reserach Ltd., em forma exclusiva, para sua aplicação em lentes de contato.

Aquasil Lens™ RSP
O material para lente de contato Aquasil Lens™ RSP é o resultado da copolimerização de monômeros que atuam como agentes promotores da permeabilidade ao oxigênio, agentes de endurecimento, agentes de umectação e agentes de ligação em treliça ("cross-link"). A característica que distingue o material Aquasil RSP é a participação de dois agentes exclusivos de umectação, um ácido e outro alcalino. Por serem copolimerizados na matriz do polímero, estes agentes originam um pH equilibrado na superfície das lentes de contato, aumentando assim sua umectação e, portanto, o conforto dos pacientes. O projeto tecnologicamente avançado deste material proporciona extrema estabilidade às lentes de contato fabricadas com ele. Este material é o padrão comparativo da mais nova geração de materiais híbridos gás permeáveis que não precisam de banho ácido para a umectação da superfície. Atualmente, em países como o Brasil, o material Aquasil Lens™ RSP é considerado como a mais promissora inovação da década na industria de lentes de contato.

Aquasil Lens™ PS
O Aquasil Lens™ PS tem a maior permeabilidade ao oxigênio de todos os materiais que nós produzimos. Ele é fabricado com os mesmos monômeros do Alberta Lens™ "S" porém, sua diferente combinação permite uma permeabilidade ao oxigênio excepcionalmente elevada e um Dk na faixa das 93 unidades Fatt. Este material é ótimo para pacientes que necessitam de lentes de contato com alta transmissibilidade ao oxigênio e é especialmente adequado para a fabricação de lentes positivas altas. O material Aquasil Lens™ PS normalmente não contem bloqueador UV; entretanto, pode ser fabricado com o mesmo a pedido. A biocompatibilidade do monômero de polisulfona do Aquasil Lens™ PS proporciona um conforto excepcional ao usuário.

Voltar à homepage

Instruções para o(a) Paciente

Congratulações por você ter escolhido lentes de contato gás permeáveis com a finalidade de obter uma visão clara e nítida.

Suas lentes de contato gás permeáveis são fabricadas com silicone-acrilato ou com fluorosulfona-silicone-acrilato produzidos pela Progressive Optical Research Ltd. É muito importante que você siga estritamente as seguintes recomendações sobre os procedimentos de manutenção, limpeza e conservação das lentes. Não segui-las poderá eventualmente, diminuir a efetividade de suas lentes e até lesar seus olhos.

A matéria prima de suas lentes de contato RGP é destinada para fabricação de lentes de uso diário. Seu oftalmologista poderá adaptar-lhe lentes com o sem bloqueador da luz ultravioleta (UV).

Cuidado das lentes de contato

Em primeiro lugar, o aspecto mais importante que deve ser considerado com relação ao cuidado correto de suas lentes de contato é a limpeza. Antes de manipular suas lentes, SEMPRE lave bem suas mãos com um sabão suave e seque-as com uma toalha que não solte fiapos. Não use sabonetes que tenham cremes ou loções de desodorantes. Ao manipular suas lentes use a parte polpuda da ponta dos dedos e mantenha suas unhas curtas e polidas para evitar lesões em seus olhos e/ou deteriorar suas lentes. Os hábitos adequados de higiene, normalmente se convertem, com o tempo, em procedimentos de costume. Para evitar confundir as lentes comece sempre com a lente direita. Antes de colocá-la no olho, examine-a minuciosamente para ter certeza que está limpa, uniformemente umedecida e livre de depósitos.

Colocação das lentes de contato.

Após ter lavado e enxaguado suas mãos, siga os seguintes passos para colocar suas lentes de contato:

Retire a lente do estojo

Se desejar, enxágüe a lente com solução conservadora fresca (condicionador).

Examine a lente para ter certeza que está limpa, uniformemente umedecida e livre de depósitos.

Coloque várias gotas de condicionador sobre as superfícies da lente

Coloque a lente na polpa da ponta do dedo indicador de sua mão dominante. Com o dedo médio da mesma mão abra a pálpebra inferior. Com o dedo indicador da outra mão levante a pálpebra superior. Leve a lente até o olho. Não é necessário pressionar a lente contra a córnea. Solte suavemente as pálpebras e pisque. A lente se centralizará automaticamente. Sempre verifique se a lente está bem colocada verificando se você está enxergando bem. Se sua visão está embaçada após colocar-se a(s) lente(s) e de 3 a 4 piscadas, é possível que a(s) mesma(s) esteja(m) fora de lugar.

Nesse caso, retire a(s) lente(s), enxágüe ambas superfícies com várias gotas de solução conservadora e recoloque-a(s). Com as lentes no olho, coloque uma a três gotas de colírio lubrificante no seu olho, tal como seu oftalmologista lhe recomendou.

Para colocar a outra lente use a mesma técnica descrita ou use a outra mão. Evite confundir as lentes. As lentes devem ser usadas no olho para o qual foram destinadas. A curvatura de cada lente é específica para cada olho.

Voltar à homepage

Remoção das lentes de contato

Antes de retirar suas lentes recomenda-se que você tenha por perto os seguintes elementos:
  1. Estojo
  2. Solução limpadora
  3. Solução condicionadora
  4. Uma toalha limpa
Sugerimos que siga um dos seguintes métodos para retirar as lentes de contato. Certifique-se que você aprendeu bem como fazê-lo antes de levar suas lentes para casa. Seu oftalmologista poderá também lhe recomendar outros métodos alternativos.

Método dos dois dedos:
  1. Coloque uma toalha sobre uma mesa ou superfície plana de forma que a lente possa cair nela.
  2. Coloque a ponta do dedo indicador de uma das mãos na metade da pálpebra superior e o mesmo dedo da outra mão na metade da pálpebra inferior.
  3. Aproxime ambas pálpebras pressionando-as um pouco contra o olho com o intuito de romper o vácuo detrás da lente, até que salte do olho e caia na toalha.
  4. Em alguns casos, a lente se desprende do olho porém fica grudada aos ílios, pálpebras ou mãos, ou também pode descentrar-se escorregando para a parte branca dos olhos. A lente deve estar bem centrada antes de tentar retirá-a novamente.
Método do piscar:

Sentado na frente de uma mesa coberta com uma toalha limpa e com a cabeça tombada para frente:
  1. Coloque o dedo indicador no canto externo da fenda palpebral, puxe a pele para trás e ligeiramente para acima. (Não permita que a pálpebra cubra a superfície da lente).
  2. Pisque rapidamente. A lente será pinçada pela pressão das pálpebras e saltará sobre a mesa ou sobre a palma da outra mão.
Em alguns casos raros, devido a procedimentos inadequados de inserção ou remoção, a lente pode escorregar sobre a parte branca dos olhos. Não se assuste, mantenha a calma e siga um dos seguintes passos:

Feche os olhos e faça massagem sobre as pálpebras - OU – com o olho aberto, empurre a lente sobre a córnea usando a ponta do dedo ou a borda das próprias pálpebras.

Voltar à homepage

Limpeza e conservação das lentes de contato

Após retirar as lentes dos olhos e antes de guardá-las, elas devem ser limpas muito bem mediante a remoção de qualquer sujeira ou secreção que possa ter se acumulado durante o uso diário. O muco ou gordura que se deposita na superfície da lente pode causar irritação e incômodo, reduzindo a visão. A limpeza é indispensável para sua comodidade e para prevenir o crescimento de germes nocivos. Você deve sempre limpar a(s) lente(s) antes de guardá-la(s) no estojo.

Limpeza das lentes de contato

Com cuidado, esfregue a lente na palma da mão por15 a 20 segundos com 2 ou 3 gotas de solução limpadora até que ambas superfícies estejam limpas. Enxágüe todo o limpador com a solução condicionadora. Coloque a lente no estojo, encha o respectivo recipiente com a solução condicionadora fresca e deixe a lente nela, com a tampa fechada, pelo menos por 4 horas (ou toda noite).

Limpeza enzimática – Uma vez por semana as lentes devem ser tratadas com um limpador enzimático. Seu oftalmologista lhe recomendará o melhor limpador enzimático que se adapte a suas necessidades.
  1. Lave suas mãos com um sabão suave.
  2. Lave as lentes, ENXÁGÜE-AS MUITO BEM COM A SOLUÇÃO CONDICIONADORA, coloque as lentes no estojo e encha cada recipiente com a solução condicionadora. A lente deverá estar nessa solução, guardada no estojo fechado, pelo menos por 4 horas.
  3. Após retirar as lentes do estojo, se desejar, enxágüe-as um pouco e coloque-as.
  4. Se por alguma razão precisa retirar a(s) lente(s) por um momento, e deseja recolocá-la(s), enxágüe antes ambas superfícies com várias gotas da solução condicionadora.
  5. Em caso de irritação, falta de comodidade, ou visão embaçada enquanto está usando a(s) lente(s), coloque 1 a 3 gotas de lubrificante no olho, tal como seu oftalmologista poderá recomendar.
  6. Sempre use solução condicionadora fresca e com validez vigente.
Nota: O limpador ou xampu para lentes de contato pode irritar os olhos se não for enxaguado e eliminado completamente das lentes. Use o limpador somente antes de guardar as lentes. NUNCA O USE ANTES DE COLOCAR-SE AS LENTES NOS OLHOS. SE O LIMPADOR FOR ACIDENTALMENTE INSTILADO NOS OLHOS, RETIRE AS LENTES (caso esteja com elas) E IMEDIATAMENTE ENXÁGÜE SEUS OLHOS COM ÁGUA POTÁVEL FRIA ATÉ QUE NÃO FIQUE NADA DE LIMPADOR NOS OLHOS.
  1. Antes de manipular as lentes, lave-se as mãos com um sabão suave, enxágüe-as e seque-as com uma toalha que não solte fiapos. Antes de colocar ou retirar suas lentes, evite usar cremes para as mãos, cremes medicinais ou sabonetes com desodorantes. Mantenha suas unhas curtas e polidas.
  2. A maquilagem pode ser aplicada após colocar-se as lentes. Não coloque cosméticos sobre a borda das pálpebras. É melhor usar qualquer aerossol para os cabelos antes de colocar-se as lentes de contato.
  3. SEMPRE TRATE SUAS LENTES COM CUIDADO E EVITE QUE CAIAM SOBRE SUPERFÍCIES DURAS. Faça os procedimentos recomendados sobre uma superfície plana coberta com uma toalha limpa. Em caso que a lente caia sobre uma superfície dura, molhe seu dedo com solução condicionadora e pegue a lente. Não a esfregue contra a superfície, nem tente levantá-la com as unhas ou com outros objetos cortantes. Não manipule sua(s) lente(s) pelas bordas. A pressão excessiva pode deformá-la(s).
  4. Para evitar confundir as lentes, nunca deixe os dois compartimentos do estojo abertos ao mesmo tempo. Certifique-se que cada lente esteja coberta de solução condicionadora. Lave seu estojo 2 vezes por semana com várias gotas de xampu, água quente e enxágüe-o muito bem.
  5. Certifique-se sempre que está enxergando bem após colocar-se as lentes de contato. Se a visão estiver embaçada, examine seus dedos e cílios antes de procurar a lente no olho ou na toalha da mesa de trabalho.
  6. Nunca se coloque a(s) lente(s) se seus olhos estiverem vermelhos, lacrimejando ou incomodando.
  7. Caso apresente dor, queimação ou lacrimejamento que dure mais que 2 a 3 piscadas, retire sua(s) lente(s) e não a(s) recoloque até que estes sintomas tenham desaparecido. Se o incômodo persistir, comunique-se com seu oftalmologista. Antes de coloca-se a(s) lente(s), enxágüe-a(s) com várias gotas de solução desinfetante condicionadora.
  8. Use sempre as soluções limpadoras e condicionadoras recomendadas por seu oftalmologista. Nunca use saliva, líquido para isqueiros ou detergentes.
  9. Em caso de diminuição persistente do conforto e da visão, as lentes de contato podem estar necessitando limpeza profissional mais profunda com seu oftalmologista.
Seus olhos devem ser examinados pelo menos uma vez por ano ou conforme seja recomendado por seu oftalmologista.
Esquema de uso das lentes de contato

O esquema de uso deve ser determinado por seu oftalmologista. Inicialmente os pacientes tendem a usar as lentes mais tempo que o recomendado. É muito importante seguir as instruções de uso inicial das lentes. Controles periódicos, conforme estipulado por seu oftalmologista, também são extremamente importantes.

Lente Aquasil versus lente Fluorocarbonada convencional

AQUASIL - UM NOVO MATERIAL GÁS PERMEÁVEL
Aquasil é um co-polímero de silicone-acrilato que submerso numa solução ácida fraca produz uma fina camada de hidroxi-etil-metacrilato (HEMA) na superfície (de 15 a 20 ángstroms de espessura). A absorção da solução é menor a 2% tornando improvável a sensibilidade à mesma sempre e quando exista um regime apropriado de limpeza.

O FABRICANTE GARANTE QUE O MATERIAL:
1.- Propicia um alto nível de conforto inicial.
2.- Aumenta consideravelmente a capacidade de umectação das lentes nos olhos.
3.- Melhora a resistência a sedimentos. Seu DK é de 50 proximadamente.

MÉTODO
Os pacientes foram todos casos tóricos bilaterais com um grau de astigmatismo e recomendação de lentes de contato semelhantes para ambos os olhos.
Dez pacientes foram adaptados com lentes de contato, nove dos quais finalizaram as quatorze semanas de teste. Não se falou nada sobre as lentes de contato, exceto que precisavam diferentes regimes de limpeza.
A idade dos pacientes oscilou entre 10 e 44 anos (em média 29).

O REGIME DE INSTRUÇÕOES FOI:
OLHO DIREITO (AQUASIL)   HYDROCARE/MIRAFLOW
OLHO ESQUERDO (LDF 50)     BOSTON WETTING-SOAKING/CLEANER


Estabeleceu-se uma comparação do funcionamento das lentes de contato baseada em critérios objetivos e subjetivos.

VALORAÇÃO SUBJETIVA
Solicitou-se aos pacientes ter em conta três variáveis:
1.- Comodidade.
2.- Rompimento da lágrima.
3.- Visão (incluindo manchas).
Ao final das 14 semanas de teste perguntou-se aos pacientes se, com base nas três variáveis subjetivas, tinham preferência pela lente de contato direita ou pela esquerda ou se não existiam diferenças significativas.

RESULTADOS SUBJETIVOS
Utilizando os critérios estabelecidos de comodidade, rompimento das lágrimas e visão, a resposta foi:
LENTE DE CONTATO DIREITA PREFERIDA (AQUASIL) 5 CASOS
LENTE DE CONTATO ESQUERDA PREFERIDA (LDF 50)   0 CASOS
NÃO DETECTARAM DIFERENÇA                                    4 CASOS


A média de idade do grupo que preferiu a lente de contato AQUASIL foi de 37 anos e a do grupo que não indicou preferência foi de 21. Dos cinco indivíduos que preferiram a lente de contato AQUASIL, o motivo predominante foi a nitidez de visão e ausência de manchas.

DISCUSÃO
Como conseqüência deste estudo e de muitos casos posteriores, estamos selecionando grupos específicos de pacientes que teoricamente podem se beneficiar com o uso de lentes de contato AQUASIL, isto é

1.- Pacientes mais idosos. (mais que 35 anos).
2.- Com manchas às 3 e 9 horas com outros materiais gás permeáveis.
3.- Uma relação de manchas e sua eliminação nas lentes de contatos gás permeáveis.
4.- Olhos sob suspeita de estar secos.
5.- Casos novos para uso de polimetil-metacrilato.

CONCLUSÕES
O seguimento de pacientes tem demonstrado que uma lente de contato gás permeável com tratamento hidrofílico na sua superfície, quando comparada com uma lente moderna fluorocarbonada convencional, facilita uma excelente capacidade de umectação e a resistência a sedimentos.
As diferenças mais significantes na umectação das lentes de contato e o desaparecimento das manchas observaram-se nos dois indivíduos mais velhos do grupo (isto é, com 40 e 44 anos).

Voltar à homepage


OLHO DIREITO AQUASIL
PACIENTE L.F.
(SUPERFÍCIE POSTERIOR COMPLETAMENTE TÓRICA).
4,50 ASTIGMATISMO CORNEANO.

OLHO DIREITO AQUASIL
PACIENTE M.K.
(ESFÉRICA 8,0 ZR / PÉRIFERIA TÓRICA).
3,50D ASTIGMATISMO CORNEANO.

OLHO DIREITO AQUASIL
PACIENTE H.K.

OLHO DIREITO AQUASIL
PACIENTE R.C.
SUPERFÍCIE POSTERIOR ESFÉRICA 1,60DC:
SUPERFÍCIE ANTERIOR CILÍNDRICA

OLHO ESQUERDO LDF 50
MANCHAS IMPORTANTES NA PARTE CENTRAL DA LDF 50.
AUSÊNCIA COMPLETA DE ANORMALIDADES NA SUPERFÍCIE DA LENTE DE CONTATO AQUASIL.

OLHO ESQUERDO LDF 50
NUMEROSOS DISCRETOS SEDIMENTOS BRANCOS NA LENTE DE CONTATO LDF 50. NENHUM SEDIMENTO NA LENTE AQUASIL.

OLHO ESQUERDO LDF 50
REFLEXO BRILHANTE E EXATO NO OLHO DIREITO;
BRILHO PÁLIDO AO REDOR DA FENDA REFLETIDA NO ESQUERDO

OLHO ESQUERDO LDF 50
EMBAÇAMENTO GERAL SOBRE A LENTE ESQUERDA;
REFLEXO BRILHANTE E EXATO NA DIREITA.
Voltar à homepage

©1995 by Progressive Optical Research Ltd.